Menu fechado

Chiquinha Gonzaga

Está chegando o Carnaval. Para além da folia, das danças, das músicas de momento, dos sucessos de uma semana, o Carnaval encerra grandes histórias de dor, sofrimento e superação. É o caso de Chiquinha Gonzaga. Pioneira musicista, Chiquinha foi a primeira pianista chorona (musicista de choro). Além disso, é autora da mais conhecida marcha carnavalesca com letra: “Ó abre alas”, de 1899. Chiquinha foi também a primeira mulher a reger uma orquestra popular no Brasil. Em uma época em que imperavam as valsas, polcas e tangos no cenário musical de elite no Brasil, Chiquinha incorporava em suas composições a diversidade encontrada na música das classes mais baixas. Foi também pioneira na defesa dos direitos autorais de músicos e autores teatrais. A necessidade de adaptar o som do piano ao gosto popular rendeu-lhe o reconhecimento como primeira compositora popular do Brasil.

Nascida em 1847, Chiquinha foi feminista, republicana e abolicionista em uma época em que a vida das mulheres era muito difícil. Faleceu em 1935, no Rio de Janeiro.

“Onde estão os teatros? Procuro e não acho. […] Atualmente só representam tudo que há de indecente, porco, nojento.”


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *